Pular para o conteúdo

Como fazer currículo de Jovem Aprendiz: Guia atualizado

  • por

Muitas pessoas ainda têm dificuldades para fazer um currículo para jovem aprendiz, especialmente porque a maioria dos candidatos dessa idade que se inscrevem nesses processos ainda não possuem experiência na área. Além disso, preencher os dados também parece difícil quando não há um histórico de empregos anterior e nem grandes experiências.

No entanto, por meio deste artigo ficará muito mais simples saber como fazer esse tipo de currículo. Com apenas algumas informações e dicas valiosas, o preenchimento se tornará um processo muito simples e fácil de finalizar. Por isso, confira todas as sugestões até o final e aproveite a leitura!

Leia também:

Como fazer currículo de Jovem Aprendiz: Guia atualizado
Como fazer currículo de Jovem Aprendiz: Guia atualizado

O que é jovem aprendiz?

O jovem aprendiz é um projeto criado pelo Governo Federal, tomando como base a Lei da Aprendizagem. Essa mesma lei determina que as empresas de médio ou grande porte contratem jovens na condição de aprendiz. Dessa maneira, é possível oferecer mais oportunidades dentro do mercado de trabalho para quem ainda não possui experiência.

Por meio desse contrato, há a possibilidade de extensão por 2 anos, além de oferecer aos jovens um período de aprendizado teórico e prático. Assim, ficará mais fácil prepará-lo para o mercado de trabalho antes mesmo que ele receba uma instrução formal, com carteira assinada e uma carga horária superior a 6 horas.

No geral, a ideia central do programa é possibilitar que os jovens recebam capacitação para melhorar as suas habilidades de atuação dentro da empresa. A idade necessária para a participação no jovem aprendiz varia de 14 a 24 anos, mas esse requisito é definido por cada uma das empresas adeptas ao projeto.

Como fazer o currículo?

Para que seja possível fazer um bom currículo para jovem aprendiz, é necessário adicionar informações relevantes, como local onde estuda ou já estudo, além de incrementar com a data de início e de finalização de cada um dos cursos. Caso tenha feito outros cursos, é necessário adicioná-los também.

Veja, abaixo, algumas dicas para montar o seu currículo.

Objetivo

É importante adicionar, ao seu currículo, uma aba voltada apenas para os seus objetivos profissionais. 

Nesse campo, o ideal é preencher com “jovem aprendiz” para que, facilmente, as instituições que estão contratando possam identificar a sua intenção em fazer parte do projeto.

Escolaridade

Na área de escolaridade, é indispensável que o campo seja preenchido de maneira correta e totalmente atualizada. Sendo assim, o candidato precisará inserir e especificar o nome da instituição de ensino da qual faz parte, qual curso fez, qual o semestre em que está, o total de anos ou semestres de todo o curso.

Erros gramaticais

Para manter o currículo para jovem aprendiz sério e interessante para as empresas que estão contratando, é importante verificar a gramática e eliminar todos os erros de português que possam estar presentes. Ao fazer isso, é possível comprovar que há uma preocupação com a vaga.

Participações em eventos e palestras

Ainda que muitas pessoas esqueçam de acrescentar essa informação no currículo, as participações em eventos e palestras são muito importantes para as empresas que estão contratando. Isso fará com que os responsáveis percebam o seu comprometimento com o aprendizado e o interesse em aprender.

Cursos complementares

Os cursos ou atividades complementares são extremamente importantes. Por meio deles, é possível demonstrar as suas habilidades, além de comprovar o que foi aprendido por esses cursos. O candidato acaba tendo mais chances de conquistar a vaga por ter buscado se especializar e se mostrado interessado em aprender algo novo.

Cursos on-line

Especialmente durante a pandemia, os cursos on-line acabaram ganhando uma maior popularidade, especialmente entre os jovens. Então, ao organizar o seu currículo de jovem aprendiz, o ideal é adicionar esses cursos para mostrar que a utilização da internet também está voltada para o seu engrandecimento intelectual.

Formatação

Existem algumas configurações em seu currículo que podem fazer total diferença para garantir uma boa vaga. 

Ao começar a editar seu documento, utilize uma fonte de fácil leitura e utilize o tamanho 11 para as letras. O espaçamento 1,5 também pode ser de grande ajuda para a leitura das informações.

O que adicionar em caso de primeiro emprego?

Caso este seja o seu primeiro currículo, o ideal é investir um pouco mais de tempo para torná-lo atrativo para as pessoas que irão analisá-lo. É por meio desse pequeno documento que as portas serão abertas pouco a pouco, mesmo na condição de jovem aprendiz.

Também é válido ressaltar que o preenchimento das informações e o cuidado ao fazê-lo é indispensável. Confira todos os nomes de cursos e datas para não acabar acrescentando dados incorretos. Lembre-se de verificar, antes de finalizá-lo, se os dados de contato estão corretos.

Está em busca de uma vaga de jovem aprendiz? Então coloque todas as dicas deste artigo em prática.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *