Pular para o conteúdo

Tesouro Direto: confira um guia para começar a investir

  • por

Existem muitas maneiras de investir o seu dinheiro, umas mais famosas do que outras, e uma mais rentáveis do que outras. É nesse contexto que se insere o investimento no Tesouro Direto, um investimento a nível Federal que apresenta diversas vantagens.  Portanto, ficam as dúvidas: o que é esse tipo de investimento? Como faço para investir sozinho? Confira essas e outras respostas no guia que preparamos para você!

Anúncios

O investimento no Tesouro Direto é um investimento ainda pouco conhecido e utilizado pelos brasileiros. Esse baseia-se na compra de títulos públicos, com o objetivo de fazer esse seu investimento inicial render financeiramente. No artigo abaixo, vamos te explicar o que é o Tesouro Direto e mostraremos um guia de como investir nessa modalidade.

Esse tipo de investimento pode ser uma excelente opção para fugir da tradicional caderneta de poupança, um método de investimento ainda muito utilizado, porém, que não traz mais retornos vantajosos. Portanto, ao entender o que é e saber como investir no Tesouro Direto, você terá uma excelente opção para iniciar ou variar seus investimentos financeiros.

Portanto, acompanhe a leitura abaixo e descubra tudo sobre esse assunto que atrai milhares de brasileiros todos os anos!

Anúncios

Leia também:

Tesouro Direto: confira um guia para começar a investir

O que é o Tesouro Direto?

​​O Tesouro Direto é uma ferramenta desenvolvida pelo Tesouro Nacional juntamente com a B3 (bolsa de valores), no intuito de vender títulos públicos de nível Federal para todos aqueles cidadãos interessados, através da internet. 

Ou seja, você estará emprestando um dinheiro ao governo em troca de um título de crédito,  o qual,  no prazo de vencimento, você receberá essa quantia inicial acrescida de juros. 

A garantia do retorno sem estresse e dor de cabeça é garantida, uma vez que é o próprio Governo Federal que passa a ser o seu “devedor”.

Essa opção de investimento foi concebida em 2002, tendo em vista a facilitar o acesso a esse comércio de títulos públicos para os brasileiros. 

Assim, com um investimento mínimo inicial de somente R$ 30,00, essa ferramenta foi desenvolvida para democratizar o investimento financeiro nesse setor da economia. 

Podemos, ainda nesse contexto, destacar que pode-se realizar esse investimento de maneira individual, ou seja, sem a necessidade de bancos de corretoras financeiras

Isso foi uma grande mudança de paradigma, uma vez que anteriormente não era possível fazer esse tipo de operação sozinho,  e muito menos com valores tão baixos.

Com mais essa ferramenta de investimento, diversificam-se as opções disponíveis no mercado para se investir seu dinheiro! 

Além disso, as várias modalidades de rentabilidade do tesouro direto (títulos pré-fixados, pós-fixados, híbridos) fazem com que ainda existam diversas possibilidades de investimento dentro da plataforma do Tesouro Direto. Veja a seguir,  diferença de cada grupo de título:

Pré-fixado  

Você consegue saber exatamente o valor que irá receber de retorno no momento da compra do título, realizando o seu resgate no dia exato de vencimento desse. 

Pós-fixado

São papéis os quais são disponibilizados os critérios de remuneração, porém, o investidor somente saberá qual será o retorno do investimento quando esse for resgatar o valor. Isso está muito ligado ao fato desses títulos estarem atrelados a algum tipo de indexador,  que costuma sofrer oscilações.

Híbridos

Esses títulos possuem  uma parcela do retorno decidida no momento da compra e outra que está ligada às oscilações da inflação. Ou seja, é uma mistura dos outros modelos.

Portanto, no momento da compra desses títulos do Tesouro Direto, confira qual é a sua modalidade e quais são os critérios de remuneração. Assim, você conseguirá se planejar melhor e não terá surpresas no momento seguinte ao investimento.

Agora, feitas as devidas introduções, vamos ao objetivo principal do artigo: como faço para investir no tesouro direto? Para isso, confira o passo a passo a seguir!

Como investir no Tesouro Direto? Confira o guia a seguir!

Para começar a investir no Tesouro Direto, é necessário muito pouco. Para facilitar sua vida, fizemos um guia bem simples para não ter confusão na hora de você começar essa sua etapa da sua vida financeira.

Além disso, cabe destacar que você pode realizar todos esses passos de maneira online,  diretamente no site do Tesouro Direto.

Confira!

  • Você precisará de um CPF válido, uma conta corrente ou poupança em algum banco e um valor de investimento mínimo de R$ 30,00. Você deverá conferir se o seu banco ou corretora financeira está autorizado a realizar essas transações de título público, mas saiba que todos os grandes bancos podem realizar essas operações.
  • Simule seu investimento – aqui você encontrará o título ideal para você, com o site do tesouro direto inclusive disponibilizando perguntas chave para auxiliar na sua escolha. 
  • Realize o seu cadastro – esse pode ser feito, pode nos bancos e corretoras parceiras (indicadas no link no passo 1).
  • Transfira o seu dinheiro – nesse passo, você deverá pegar o valor que gostaria de investir da sua conta no banco e colocar na conta da instituição na qual você cadastrou-se no Tesouro Direto.
  • Comece a investir efetivamente – É possível investir através do portal ou do aplicativo oficial do Tesouro Direto, além da própria plataforma da instituição que você se cadastrou. 
  • Pronto! A partir desse momento, você já é considerado um investidor do Tesouro Direto!

Viu como é simples e fácil realizar o seu investimento no Tesouro Direto? Muitas vezes, acabamos deixando boas oportunidades de multiplicar nosso dinheiro passarem batidas, ou por medo ou por insegurança de investir e não conseguir o retorno desejado.

Porém, essa modalidade de investimento no Tesouro Direto se mostra uma excelente opção tanto para investidores principiantes quanto para aqueles com mais experiência.  

Para aqueles que estão iniciando nesse mundo, existem alguns cursos abertos e gratuitos, para familiarizar os investidores com conceitos relevantes. Você pode conferir diversos vídeos e ebooks de educação financeira no próprio portal do Tesouro Direto! 

Após a leitura do artigo, podemos perceber que investir no Tesouro Direto é mais fácil do que parece

O conceito do que é esse tipo de investimento e o guia para a realização dessas operações financeiras se mostram de fácil compreensão e acesso a todos os brasileiros.

Portanto, não perca mais tempo e inicie essa nova jornada financeira! Investir no Tesouro Direto possui muitas vantagens, e você deve usufruí-las ao máximo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *