Jovem Aprendiz nos Bancos: Melhores Oportunidades para 2023
Pular para o conteúdo

Programa Jovem Aprendiz nos Bancos: Guia completo e atualizado

  • por

Entenda como funciona o programa Jovem Aprendiz nos Bancos, quais os requisitos e onde se cadastrar. Aproveite!

Anúncios

O Programa Jovem Aprendiz tem se mostrado uma excelente plataforma para os jovens brasileiros adquirirem experiência profissional e fortalecerem as suas habilidades no mercado de trabalho.

Vários setores se associaram à iniciativa, entre eles o setor bancário, que oferece oportunidades de aprendizado e treinamento em diversas instituições financeiras.

Neste post, falaremos sobre o Programa Jovem Aprendiz em Bancos, destacando os bancos brasileiros que patrocinam o programa, bem como as suas necessidades, regras, salários e especificações. Então, continue acompanhando e aproveite esse conteúdo!

Anúncios

Leia também:

Programa Jovem Aprendiz nos Bancos: Guia completo 2023
Programa Jovem Aprendiz nos Bancos: Guia completo

Bancos que contratam Jovem Aprendiz

Banco do Brasil

O programa Jovem Aprendiz do Banco do Brasil oferece formação técnica e profissional, remuneração compatível com a função e carga horária, além de benefícios.

Por ser uma conceituada entidade bancária, são poucas vagas em relação a tantos interessados.

Mas, não se desanime! Constantemente a instituição divulga a abertura de novas oportunidades para novos talentos e com apenas algumas estratégias como uma boa apresentação de currículo, você pode se colocar à frente da grande maioria.

Anúncios

Veja como se inscrever e verificar as oportunidades do Programa Jovem Aprendiz do Banco do Brasil: Acesse.

Caixa Econômica Federal

Com mais de 160 anos de história, a Caixa Econômica Federal, assim como o Banco do Brasil, é uma das entidades bancárias mais importantes para o funcionamento do país.

Afinal, hoje, é até mesmo difícil encontrar uma cidade que não tenha uma sede oficial da Caixa. Logo, devido a sua extensa atuação, constantemente a instituição abre novas oportunidades para o programa Jovem Aprendiz.

Para se inscrever basta estar na faixa etária do programa e estar cursando o ensino fundamental ou médio.

Veja como verificar a disponibilidade de vagas e se cadastrar no programa Jovem Aprendiz da Caixa Econômica Federal.

Banco Itaú

Outro gigante do setor bancário que possui grande relevância no desenvolvimento dos jovens e inclusão no mercado de trabalho é o Banco Itaú.

As vagas variam entre atendimento ao cliente nas redes de agências e atuação no setor administrativo central com suporte das demandas internas.

Para participar, a instituição exige ter de 16 a 21 anos, estar cursando ou já ter concluído o ensino médio, ser pró-ativo e ter capacidade de resolução de problemas.

Se você se encaixa nos requisitos, entenda como se cadastrar no programa Jovem Aprendiz do Banco Itaú.

Banco Bradesco

O Banco Bradesco, hoje, está entre os 3 maiores bancos de atuação no Brasil, com mais de 100 milhões de clientes.

O que se traduz em alta demanda por novos talentos no mercado de trabalho. Ou seja, mais oportunidades para os jovens.

Para se candidatar a instituição exige o básico – ter entre 14 e 24 anos, estar cursando o ensino médio e disponibilidade de horário.

Veja como e onde se inscrever para as vagas do programa Jovem Aprendiz do Banco Bradesco.

Banco Santander

Para fechar nossa lista com chave de ouro, temos mais um participante de peso do programa Jovem Aprendiz: o Banco Santander.

Com requisitos semelhantes como idade, disponibilidade de carga horária e estar cursando o ensino médio, a instituição abre constantemente novas vagas para a categoria e oferece instrução acadêmica e prática.

Quer entender como funciona o programa Jovem Aprendiz do Banco Santander? Acesse.

Principais requisitos avaliados pelo programa

Confira abaixo, quais são os principais requisitos de seleção dos programas como um todo.

  • Jornada de trabalho: a jornada de trabalho dos jovens aprendizes nos bancos varia, mas normalmente não ultrapassa 6 horas diárias, o que permite ao jovem conciliar as atividades de aprendizagem com os estudos;
  • Formação teórica e acadêmica: o programa oferece formação acadêmica por meio de cursos e treinamentos, além de treinamento prático em que o jovem aprendiz atua em um ambiente de trabalho genuíno, adquirindo experiência e fortalecendo suas habilidades profissionais;
  • Remuneração: Quando ganha o Jovem aprendiz varia de acordo com a carga horária e as atividades realizadas. A remuneração é definida de acordo com a legislação vigente e tem como objetivo proporcionar um incentivo financeiro aos jovens participantes do programa;
  • Benefícios: além de receber o valor pelo seu trabalho, os jovens aprendizes também podem receber vale-transporte e vale-refeição para que tenham uma experiência ainda mais agradável.

O que é o Programa Jovem Aprendiz?

O Programa Jovem Aprendiz é um projeto governamental que busca proporcionar aos jovens brasileiros oportunidades de aprendizado e qualificação profissional.

Foi criado com o objetivo de integrar os jovens à força de trabalho, permitindo o desenvolvimento de competências técnicas e pessoais, bem como promover a inclusão social e diminuir a evasão escolar.

Levando em consideração que, atualmente, no Brasil, a educação deve ser vista como uma prioridade, participar do programa pode trazer grandes benefícios para os jovens, que receberão por seu trabalho e, ao mesmo tempo, irão adquirir conhecimentos sobre a área.

Importância de participar do programa

Existem muitos pontos que podem ser vistos como importantes na hora de escolher participar do programa Jovem Aprendiz. Dentre eles, temos:

  • Experiência de trabalho: o programa permite que os jovens obtenham experiência prática em um ambiente de trabalho do mundo real. Isso ajuda os alunos a aprender habilidades específicas do trabalho e se familiarizar com as rotinas e expectativas do mercado de trabalho;
  • Enriquecimento do currículo por aprendizado teórico: o currículo fornece conhecimento teórico, além de experiência prática por meio de cursos e workshops. Isso permite que os jovens aprendizes aprofundem seus conhecimentos e se aprimorem em áreas específicas, tornando-se profissionais mais qualificados;
  • Habilidades desenvolvidas: a participação no programa ajuda os jovens a desenvolver habilidades críticas no local de trabalho, como trabalho em equipe, comunicação, organização, solução de problemas e tecnologia. Essas habilidades são valiosas em qualquer carreira e podem contribuir para o sucesso profissional futuro;
  • Inclusão social: o Programa Jovem Aprendiz promove a inclusão social ao oferecer oportunidades a jovens que frequentemente enfrentam barreiras para conseguir emprego por falta de especialização. A iniciativa visa dar aos jovens uma oportunidade equitativa de desenvolvimento profissional, independentemente de sua origem social;
  • Networking e oportunidades futuras: ao participar do programa, os jovens podem fazer contatos profissionais e ampliar seu networking. Esses contatos podem levar a futuras possibilidades de trabalho e progressão na carreira;
  • Remuneração e benefícios: Os jovens aprendizes recebem uma remuneração pelo seu esforço, que pode ser usado para custear seus estudos, despesas pessoais ou contribuições para suas famílias. É importante dizer, também, que as regras de cada programa são diferentes e podem apresentar benefícios distintos.

Jovem Aprendiz nos Bancos

O programa Jovem Aprendiz é, sem dúvida alguma, de grande importância para o desenvolvimento profissional e pessoal dos jovens.

Por isso, inscrever-se nele pode fazer toda a diferença para a vida profissional dos estudantes brasileiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *