Aplicativo Meu CadÚnico: Como instalar app do Cadastro Único

O Governo Federal utiliza o Cadastro Único (CadÚnico) com a finalidade de ajudar as famílias em situação de pobreza e extrema pobreza e saber como elas vivem.

Por meio dessa ferramenta são implementadas políticas públicas para, assim, prestar assistência financeira às pessoas que mais necessitam, uma vez que o CadÚnico se tornou o principal requisito para as famílias poderem participar nos programas sociais. 

Os benefícios incluem programas como:

Para melhor acompanhar as possíveis alterações e atualizações disponíveis no cadastro, os indivíduos atendidos pelos programas sociais podem utilizar o aplicativo Meu CadÚnico, disponibilizado pelo governo.

No entanto, muita gente ainda tem dúvidas sobre como fazer uso do app do Cadastro Único. Pensando nisso, reunimos os principais passos para você baixar e instalar o aplicativo Meu CadÚnico no seu celular. Acompanhe!

Leia também:

Como instalar o Meu CadÚnico no celular?

As pessoas inscritas no Cadastro Único e que querem consultar o seu NIS [Número de Identificação Social] devem instalar o aplicativo “Meu CadÚnico ─ Consulta Cidadão” para smartphone.

Vale mencionar que os usuários do sistema Android encontram o app na Google Play. Quem utiliza iPhone, deve visitar a App Store.

Aplicativo Meu CadÚnico: Como instalar app do Cadastro Único
Instalação do aplicativo Meu CadÚnico: Guia atualizado 2022

Para instalar, basta acessar a loja de aplicativos do seu telefone através dos links citamos acima e tocar no botão “Instalar” e aguardar até que o download se complete. Depois de instalado, basta tocar no ícone do aplicativo para abrir.

Após iniciar o app, o usuário já pode descobrir se possui o Cadastro Único ao tocar em “Entrar” e preencher as perguntas de segurança. Se o login for efetuado com sucesso, quer dizer que a pessoa possui um cadastro válido. 

Para quem não for cadastrado, o próprio aplicativo dá as dicas de como realizar a inscrição no Cadastro Único, conforme galeria de imagens abaixo.

Lembrando que já fizemos um guia completo para se cadastrar no Meu CadÚnico, acesse e faça a leitura se necessário para você.

Continuando, o aplicativo informa que é preciso que um membro familiar, preferencialmente mulher, que tenha mais de 16 anos, seja o Responsável pela Unidade Familiar (RF) e garanta a prestação de informações dos membros da família para o entrevistador. 

Além disso, informa os documentos necessários para a inscrição, que são CPF ou Título de eleitor do Responsável Familiar e os seguintes para os demais membros da família: CPF, RG, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Carteira de Trabalho ou Título de Eleitor.

Conteúdo relacionado: Como emitir o Título de Eleitor online

O cadastro é realizado no setor responsável pelo CadÚnico ou Bolsa familiar no município e pode ser encontrado através do site do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) ou no mapa no próprio aplicativo, confira na imagem abaixo.

Indicação de mapa no App Meu CadÚnico

O que é o Meu CadÚnico?

O app Meu CadÚnico foi desenvolvido especialmente para acompanhar as informações dos usuários que fazem parte do Cadastro Único e facilitar a comunicação, além de auxiliar em alguns processos. 

O aplicativo permite que o usuário saiba se já está cadastrado e se está apto a receber os benefícios sociais disponibilizados pelo Governo Federal, além de evitar que o cidadão precise se dirigir a algum órgão público para conseguir essas informações. 

O Cadastro Único reúne dados dos estados e municípios para traçar o perfil dos cidadãos, implementar políticas públicas destinadas às pessoas que possuem baixa renda e selecionar os que serão beneficiados pelos diversos programas sociais existentes, conheça os principais.

Auxilio Brasil

O Auxilio Brasil, substituto do antigo Bolsa Família, é destinado às famílias com renda familiar de até R$ 89 mensais por indivíduo ou até R$ 178 mensais por pessoa e que possuam crianças ou adolescentes até 17 anos.

Esse programa visa ajudar a superar a pobreza, através da transferência de dinheiro e promoção do acesso a serviços públicos.

Para saber como se cadastrar, confira o nosso artigo: Como se cadastrar para receber o Auxílio Brasil.

Tarifa Social de Energia Elétrica 

Consiste em um desconto na conta de luz para famílias de baixa renda, famílias que possuam algum beneficiário do BPC (Benefício de Prestação Continuada) ou famílias indígenas e quilombolas. 

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

Benefício que abrange pessoas idosas (a partir de 65 anos) ou com deficiência, de qualquer idade, que possuam renda familiar menor que ¼ do salário mínimo por indivíduo. O beneficiário recebe mensalmente a transferência de um salário mínimo. 

Minha Casa Minha Vida 

Destino às famílias inscritas no CadÚnico com renda familiar mensal de até R$1800,00 e que não possuem um imóvel próprio. Este programa garante condições facilitadas para aquisição de moradias. 

Isenção de taxas de inscrição em concursos públicos  

Pessoas com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou renda familiar de até três salários mínimos podem conseguir isenção da taxa de inscrição em concursos públicos do Governo Federal. 

Serviço de convivência e fortalecimento de vínculos 

Destinado a crianças, jovens e adultos, pessoas com qualquer deficiência, que sofreram violência, jovens que sofreram com trabalho infantil, que estão fora da escola ou que cumprem medidas socioeducativas. Além de idosos sem acesso a serviços sociais ou sem amparo da família.

Este programa oferta atividades de lazer, culturais, artísticas e esportivas para fortalecer a convivência e o vínculo com a família e a sociedade.

Criança Feliz 

Beneficiários do Bolsa Família com gestantes ou crianças até 3 anos, beneficiários do BCP com filhos até 6 anos e crianças afastadas da família como medida de proteção recebem visitas domiciliares para orientações e acompanhamento.

Identidade Jovem (ID Jovem) 

Aos jovens entre 15 e 29 anos inscritos no Cadastro Único com renda mensal familiar de até 2 salários mínimos, é garantido o benefício de meia-entrada em eventos culturais, artísticos e esportivos, além de passagem gratuita ou com desconto no transporte coletivo interestadual.

Facultativo de Baixa Renda 

Destinado às pessoas que trabalham exclusivamente no lar, sem renda pessoal e com renda familiar de até dois salários mínimos por mês, garante a contribuição ao INSS com valor reduzido para conseguir aposentadoria por idade ou invalidez, auxílio doença e maternidade. 

Carteira do Idoso 

Para idosos acima de 60 anos com renda individual de até dois salários mínimos por mês, garante passagens gratuitas ou com desconto de, no mínimo, 50% em transportes interestaduais, ferroviários, rodoviários e aquaviários. 

Principais vantagens do aplicativo CadÚnico

Esse aplicativo permite que o grupo familiar fique por dentro de suas informações acerca de programas sociais assistenciais. Além disso, o app também possibilita:

  • Emitir documento que comprove o cadastramento
  • Consultar quais são os membros que constituem o núcleo familiar
  • Ter conhecimento sobre o NIS de cada integrante da família
  • Verificar a existência de alguma pendência no cadastro
  • Localizar, no mapa, um local responsável por fazer o cadastramento
  • Conhecer programas governamentais do Ministério do Desenvolvimento Social

Como foi demonstrado ao longo do artigo, são muitos os benefícios de possuir o Meu CadÚnico, principalmente para conseguir resolver várias pendências sem precisar sair de casa e ter acesso às informações de qualquer lugar e a qualquer hora. 

Caso tenha alguma dúvida na instalação do aplicativo CadÚnico, deixe o seu comentário ao final da página, que vamos procurar te auxiliar no processo.

Confira mais conteúdos informativos no Blog da Hope Contábil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima